Páginas

Seguidores

Marcadores

Amigas (9) Blogando... (3) Brasil (4) Cidade (1) Citaçáo (1) DVDs (1) Enquete (1) Família (4) Felipe (2) Férias (1) Festas (4) Filhos (13) Filme (3) Filmes (2) Filosofando (10) Livros (27) Mãe (8) Mulher (7) Música (5) Pai (5) Pausa... (1) Pedro (20) Pensamento (2) Pensando... (21) Piada (2) Poesia (2) Política (9) Refletindo... (40) Tina (1) Viagem (11) Vovó (4)

segunda-feira, 19 de abril de 2010

Diário - Parte IX

Hoje vou mudar o rumo do meu diário, p/ falar um pouco das mulheres desta cidade, das impressões desta "temporada deliciosa" que estou passando aqui.
Inicio dizendo: “Chico, me perdoe, mas acho que “devemos nos mirar no exemplo das mulheres de Groningen”, que pelo-amor-de-Deus, como são bonitas, E MAGRAS!
Começando pelas “mulheres-bebezinhas”, dá vontade de roubá-las. Todas usam umas roupinhas diferentes, claro com o frio que faz aqui, é completamente outra coisa do que estou acostumada, e são lindinhas demais!
As maiorzinhas, não têm uma só feia. Hoje me deparei com três meninas de 7 anos, as três banguelinhas, e não menos lindas!
Agora, as adolescentes até as de 40, dá vontade de dar uma surra! São de chamar atenção mesmo! Forma aquele corredor de bikes na cidade, e todas loiras, altas, magras, pernas torneadas, bem-vestidas, e de roupas lindíssimas!
E aí, vem o melhor da história de hoje (16/04)! Euzinha deixo a Pati e o Pedro em casa, e vou dar uma volta pela cidade; fora do peso, roupas nada a ver, resolvo entrar na Zara, p/ experimentar umas roupitchas!
Primeiro, dou uma olhada pela loja recém inaugurada, uma casa antiga, belíssima e toda reformada, e fico babando nas roupas; olho ao meu lado, 2 moças chiquetérrimas, escolhendo quase as mesmas coisas que eu; a loja estava bombando de gente e de roupas bonitas. Vou escolhendo, separando, e vou procurar o trocador(paskmynte!) Uma fila, devo esperar minha vez. Continuo observando aquelas moças e vou me achando feinha perto delas, mas não vou ligando muito não. De repente, quando chega minha vez de entrar no paskmynte, que mais parecia um closet, com um espelho enorme, e quando me vi, me achei mais feinha ainda. Bem, comecei a experimentar as roupas, e NADA estava me servindo! Foi me dando um nervoso, que quase gritei! O pior foi uma calça jeans skynni, que parou no meio da perna, nem subia e nem descia, e pensei: mamma mia que faço agora? Bem, ela saiu depois de um grande esforço! Gostei de uma outra calça que deu certo, grazie a Dio, e duas blusas! Bom, melhorou um pouco meu humor! Quando fui pagar, outro stress! As blusas não estavam com o preço certo, estavam bem mais caras, e eu com meu inglês more or less, fiz a moça do caixa (linda também) desfazer a compra p/ eu levar só a calça. Não preciso dizer que ela não gostou, e que eu nem liguei. Formou-se uma fila de moça bonita atrás de mim, e eu continuei não ligando (e me achando!) até que a transação finalizou.
Agora vem o melhor da história: quando a mulherada passa dos 40, a coisa muda de figura: todas continuam com o corpão lindo, mas o rosto, ninguém merece! Viram uns trubufus, pois fumam demais (é difícil ver alguém sem um cigarro!), não devem usar filtro solar, usam maquiagem exagerada, e viram umas baratas-descascadas! Tudo bem que as pernas continuam duríssimas, (o abdômen... Ahã?, me recuso a falar), elas continuam chiques, pois o clima favorece, mas aí a gente não sabe mais se tem 40, 50, 60, 70 ou mais ainda ! E a vingança vira maligna! Porque pensando bem, é melhor ser mais cheinha, com um corpo que às vezes não cabe nas roupas que vc “pensa” que quer, e aparentar a sua idade verdadeira ou até uns aninhos a menos... Ri muito de mim mesma, e voltei pra casa toda feliz com o corpitchio-que-Deus-me-deu... uma calça nova na sacola, e com a certeza de que a canção deve continuar é assim mesmo: “Mirem-se no exemplo, daquelas mulheres de Atenas...”
19/04- Estou impedida de ir embora, e o Pedro AMOU essa história de vulcão em erupçao!

2 comentários:

  1. Sogrita,
    Morri de rir...Não dá para saber se elas tem 40,50,60 ou 70????
    Morri de rir...
    beijos,
    Norita

    ResponderExcluir
  2. Oi,Sô!Td bem?Nossa essa viagem pelas europa tá rendendo muito, né hihihihi.
    Hum o povo ai qdo envlehece fica feio então, aff maria que coisa.Melhor pra nós então que nos cuidamos sempre.
    Cuide-se!
    Beijosss

    ResponderExcluir

Livros, meu relax n. 1:2016,2015,2014,2013, 2012, 2011, 2010 , 2009

  • Vivências de um psicanalista
  • Um sentido para a vida
  • Sobre a amizade e outros diálogos
  • Segredos e atalhos do iPad - 2011
  • Quase tudo
  • Putz, virei minha mãe!
  • Purgatório
  • Psicanálise dos Milagres de Cristo - 2011
  • Poemas completos de Alberto Caieiro
  • Pense Magro
  • Pensar é transgredir
  • Os catadores de conchas
  • O show do eu
  • O mundo pós-aniversário
  • O monge e o executivo
  • O menino do pijama listrado
  • O livro das ignorãças
  • O livro da sabedoria
  • O estrangeiro
  • O caçador de pipas
  • O brincar e a realidade
  • No divã do Gikovate
  • Niketche - 2011
  • Nietzsche para estressados - 2011
  • Na presença do sentido
  • Millenium
  • Mentes Perigosas
  • Memórias das minhas putas tristes
  • Me larga!
  • Marley e eu
  • Mamãe, posso namorar pelado?
  • Mamãe e o sentido da vida - 2011
  • Longe daqui
  • Leite derramado
  • Ilha Deserta - Livros
  • Ilha Deserta - Filmes
  • Histórias das minhas putas tristes
  • Hamlet
  • Freud - Vol.XIV - 2011
  • Freud - Vol. XXIII
  • Freud - Vol. XXII - 2011
  • Freud - Vol. XXI
  • Freud - Vol. XVIII - 2011
  • Freud - Vol. XVII
  • Freud - Vol. XIX - 2011
  • Freud - Vol. XII
  • Freud - Vol. XI
  • Freud - Vol. VII
  • Freud - Vol. V - 2012
  • Freud - Vol. IX
  • Fora de mim - 2011
  • Família de alta perfomance
  • Fadas no divã, Diana L. Corso e Mario Corso
  • Fadas no divã
  • Eu sei que vou te amar
  • Enquanto o amor não vem
  • Doidas e santas
  • Divã
  • De frente para o Sol - 2011
  • Crime e castigo
  • Conversas sobre terapia
  • Contra um mundo melhor -2011
  • Comer,rezar,amar
  • Cartas a um jovem poeta
  • Caim
  • As pequenas memórias
  • As intermitências da morte
  • Amor é prosa, sexo é poesia
  • Alter Ego
  • Agape - 2011
  • Aforismos - 2011
  • A trama do equilibrio psiquico
  • A sabedoria dos mitos gregos - Aprender a Viver II - 2011
  • A sabedoria da vida
  • A idade dos milagres
  • A história de Edgard Sawtelle
  • A doçura do mundo - 2011
  • A cidade do sol
  • A Cabana
  • 2016-Verdades e Mentiras, Cortella, Dimenstein, Karnal e Pondé
  • 2016-Pressentimentos e suspeitas, Ivo Storniolo
  • 2016-O poder do discurso materno, Laura Gutman
  • 2016-O oitavo selo, Heloisa Seixas
  • 2016-O ano do pensamento mágico, Joan Didion
  • 2016-Mulheres de cinza, Mia Couto
  • 2016-Freud, obras completas, vol. 18
  • 2016-Felicidade ou Morte, Clovis de Barros Filho e Karnal
  • 2016-Enclausurado, Mc Ewan
  • 2016-Dias de abandono, Elena Ferrante
  • 2016-Depois a louca sou eu, Tati Bernardes
  • 2016-Como eu era antes de você, Jojo Moyes
  • 2016-Ah, que bom que eu sei, Brugitte Gross e Jakob Scheneider
  • 2016-A Peste, Albert Camus
  • 2016-A noite do meu bem, Ruy Castro
  • 2016-A felicidade é fácil , Edney Silvestre, Segunda Leitura
  • 2016-A árvore familiar, Denny Johnson
  • 2016-A alma imoral, Nilton Bonder
  • 2016- O livro dos insultos, H.L. Mencken
  • 2015-Tomar a vida nas próprias mãos , Gudrun Burkhard
  • 2015-Pimentas, Rubem Alves
  • 2015-Pequeno tratado das grandes virtudes - André Comte-Sponville
  • 2015-Pai rico pai pobre - Robert T. Kiyosaki
  • 2015-Os amigos, Hamlet L. Quintana
  • 2015-Onde foi que eu acertei? Francisco Daudt
  • 2015-O sol é para todos", Harper Lee
  • 2015-O que a vida me ensinou, Mario Cortella
  • 2015-O incolor Takurukami..., Haruki Murakami
  • 2015-O brilho do bronze, Boris Fausto
  • 2015-Numero Zero, Umberto Eco
  • 2015-Na berma de nenhuma estrada, Mia Couto
  • 2015-Interpretação e manejo na Clínica Wiicottiana, Ela O. Dias
  • 2015-Dom Quixote, Miguel de Cervantes
  • 2015-Diga aos lobos que estou em casa, Carol R. Brunt
  • 2015-Criaturas de um dia, Irvin Yalom
  • 2015-Como envelhecer, Anne Karpf
  • 2015-As pequenas virtudes, Natalia Ginzburg
  • 2015-A visita cruel do tempo, Jennifer Egan
  • 2015-A mágica da arrumação , Marie Kondo
  • 2015-A grande arrete de ser feliz, Rubem Alves
  • 2015-A filosofia de Rudolf Steiner e a crise dompensamento contemporâneo, Andrew Welburn
  • 2015- Pensar bem nos faz bem, M. S. Cortella
  • 2015- Nao nascemos prontos, M. S. Cortella
  • 2014-Uns cheios, outros em vão, Heloísa Seixas
  • 2014-Um rio chamado tempo, uma casa chamada terra, Mia Couto
  • 2014-Totem e Tabu, S. Freud
  • 2014-Textos de Winnicott
  • 2014-Textos de Pichon Riviere
  • 2014-Textos de Grupos, uma visáo psicanalítica
  • 2014-Textos de Bion
  • 2014-O segredo do meu marido, L . Moriestay
  • 2014-O retrato de Dorian Gray, Oscar Wilde
  • 2014-O nome próprio, Francisco Martins
  • 2014-O fotógrafo, Cristóvão Tezza
  • 2014-Fim, Fernanda Torres
  • 2014-Ensaio sobre a mentira, José Outeiral
  • 2014-Do universo à jabuticaba, Rubem Alves
  • 2014-Conhece-te a ti mesmo, José Outeiral
  • 2014-Adultescer, J. Outeiral
  • 2014-A revolta do corpo, Alice Miller
  • 2014-A festa da insignificância, Milan Kundera
  • 2014-A Ciranda das Mulheres Sábias, Clarissa P. Estés
  • 2014-1Q84, Vol. IIIHaruki Murakami
  • 2013 - Voce já pensou em escrever um livro?
  • 2013 - Subliminar
  • 2013 - Sr. Psicólogo, diga-me como ser feliz
  • 2013 - Por que você é minha - I
  • 2013 - Por que você é minha - II
  • 2013 - Por favor, cuide da mamãe
  • 2013 - Os quatro vínculos
  • 2013 - O Rabino e o Psicanalista
  • 2013 - O psicanalista vai ao cinema
  • 2013 - O oceano no fim do caminho
  • 2013 - O fio das missangas
  • 2013 - Nu, de botas.
  • 2013 - Inferno
  • 2013 - Filosofando no Cinema
  • 2013 - Elogio da mentira
  • 2013 - A vida que vale a pena ser vivida
  • 2013 - A graça da coisa
  • 2013 - A arte de amar
  • 2013 - 1Q84 Vol. II
  • 2013 - 1Q84
  • 2012 - Se eu fechar meus olhos agora
  • 2012 - Rimas de Vida e de Morte
  • 2012 - Profissão: Bebê
  • 2012 - Os sentidos da vida
  • 2012 - O retorno do jovem príncipe
  • 2012 - O clube do filme
  • 2012 - O amor companheiro
  • 2012 - Mulher Desiludida
  • 2012 - Fragmentos Clínicos de Psicanálise
  • 2012 - Feliz por nada
  • 2012 - É tudo tão simples
  • 2012 - Depressão:dos sintomas ao tratamento
  • 2012 - Como manter a mente sã
  • 2012 - Como deixar de ser gordo
  • 2012 - Como amar uma criança
  • 2012 - A queda
  • 2012 - A poesia do encontro
  • 2012 - A felicidade é fácil
  • 2012 - A elegância do ouriço
  • 2012 - A criação, segundo Freud