Páginas

Seguidores

Marcadores

Amigas (9) Blogando... (3) Brasil (4) Cidade (1) Citaçáo (1) DVDs (1) Enquete (1) Família (4) Felipe (2) Férias (1) Festas (4) Filhos (13) Filme (3) Filmes (2) Filosofando (10) Livros (27) Mãe (8) Mulher (7) Música (5) Pai (5) Pausa... (1) Pedro (20) Pensamento (2) Pensando... (21) Piada (2) Poesia (2) Política (9) Refletindo... (40) Tina (1) Viagem (11) Vovó (4)

sexta-feira, 2 de julho de 2010

BRASIL!!!

Pois é, a festa acabou e ficamos todos jururu.
Recordo com muita nostalgia de várias Copas com a alegria das reuniões dos amigos, quando meus "pequenos" eram fanáticos, choravam(os) quando a Seleção não tinha resultado favorável, e choravam(os) também quando a vitória era nossa!
Fechávamos literalmente nossa rua, a vizinhança toda se agrupava, a televisão nem tão grande ficava na garagem do "Professor" (o vizinho mais comedido de todos) e nos alpendres (como assim, ALPENDREs?!) das outras casas a "molecada" se esbaldava. Os amigos de longe vinham chegando, cada etapa vencida o número aumentava, uma família avisava outra, e a festa estava pronta. Nada de confusão, de muita combinação, tudo simples e singelo. E assim vivemos Copas memoráveis e deliciosas. Felizes.
Hoje me emocionei pouco, que pena! (Meus filhos também não choraram). Parece que meu espírito patriótico infelizmente não é mais o mesmo. Sou muito indignada com meu país, com tanta falsidade, mentira, pouca vergonha, falta de respeito, de ética, etctera e tal.
Penso sinceramente que um evento como a Copa reflete o estado de uma nação. Não estamos jogando bem em nehuma posição, não é só o Dunga e sua turma que não estão bem. Infelizmente.

12 comentários:

  1. É Sonica, esta falta de garra, atitude e determinação dos jogadores é um pouco o reflexo de como nos portamos diante de muita coisa....que agora o povo se volte um pouco para a seriedade que será a próxima eleição.
    mil beijos

    ResponderExcluir
  2. É... eu concordo em parte com o que disse. Acho mesmo que pode até refletir, mas o Brasil nunca esteve lá essas coisas. Hora pela Ditadura, hora pelo Collar... e mesmo nessas fases ruins acabou ganhando 5 copas... eu sou super por dentro de política, me movo, faço questão de ser ouvida e ter uma posição sobre o que acontece no meu país. Mas ao mesmo tempo tenho o futebol como grande paixão. E as paixões são cegas e desmedidas não é mesmo? Torço pro meu time paulista e prao Barcelona fora das épocas de copa e torço muito pro Brasil e pra Espanha (país onde morei por 3 anos) nos mundiais e campeonatos menores. E acho que isso não tem muito a ver com patriotismo ou não. É paixão. E é diferente. Tem muita gente que se preocupa com política e questões como escola, hospital. Mas a grande maioria não, nem os políticos... e aí o bicho pega de verdade.
    Eu assisto todos os jogos da copa, e hoje fiquei muito triste. Muito mesmo, porque tinha esperanças que ganhasse e trouxesse um pouco de alegria pra esse povo sofrido. Acho que o povo merece, já sofre tanto que merece ser feliz por essa paixão nacional. Não acho justo questionarmos política. Mas é minha opinião, de uma fanática.
    Adorei seu post e senti de verdade o que quis dizer. A entendi perfeitamente... é isso!
    Obrigada pelos comentários, adoro seu blog.
    Um grande beijo!

    ResponderExcluir
  3. Querida nora,
    obrigada pelo seu comentário no post anterior!
    Pensando na amizade minha e da Carmen, recordei que iniciou-se em 1964,no "grupo escolar" e aquele "showzaço" com as feras citadas aconteceu em 1977! Não é o máximo????
    Bj,

    ResponderExcluir
  4. Oi,Sonica!Eu sinceramente não acompanhei a copa do mundo, o único jogo que vi foi um fiasco e logo vi que o Brasil não iria muito longe.Quanto ao patriotismo pra mim ele não tem nada a ver com copa do mundo de que adianta uma nação só tem orgulho do seu país de 4 em 4 anos?Nada né, pois é nosso país tem muitos problemas,mas de certa forma a culpa tbm é nossa, afinal nós votamos e cabe a nós mudarmos o que ai está.
    Um ótimo findi!
    Beijosss

    ResponderExcluir
  5. Oi flor
    Não vi o jogo, fiquei limpando a casa e passando roupa durante o jogo, só escutei e vi meu marido ficando muito triste e chorando como o resultado.
    Vim deixar um carinho e te desejar um maravilhoso final de semana...
    Beijosss

    ResponderExcluir
  6. Ola amiga querida
    Vim desejar um ótimo final de semana.
    Força na RA.beijos

    ResponderExcluir
  7. Oi,Querida!Td bem?
    Passando pra desejar-lhe um ótimo domingo!
    E uma excelente semana!
    Beijoss

    ResponderExcluir
  8. Sonica

    Deliciosa essas lembranças.
    Fez-me lembrar de meus meninos pequenos tb e de todas as reuniões que inventavamos ,apenas e tão somente para estarmos juntos de todos que gostavamos.

    quanto ao Brasil.

    Tenho tentado ser uma boa pessoa e uma boa brasileira,é o maximo que posso,e creio já estar fazendo a minha melhor parte.

    afagos (ainda patrióticos)

    ResponderExcluir
  9. Posso dizer que "só" falta a Dilma ganhar ou seria errado?
    Ai ai ai ...

    ResponderExcluir
  10. Oi flor
    passei para desejar uma maravilhosa semana...
    Beijinhosss

    ResponderExcluir
  11. O desequilibrio na hora de finalizar um projto importante...tem algo mais típico?

    tsc tsc tsc

    Bjo, querida!

    ResponderExcluir
  12. Oi minha querida passando para te desejar uma ótima semana, sem jacadas, força na RA e nos exercícios, beijo

    ResponderExcluir

Livros, meu relax n. 1:2016,2015,2014,2013, 2012, 2011, 2010 , 2009

  • Vivências de um psicanalista
  • Um sentido para a vida
  • Sobre a amizade e outros diálogos
  • Segredos e atalhos do iPad - 2011
  • Quase tudo
  • Putz, virei minha mãe!
  • Purgatório
  • Psicanálise dos Milagres de Cristo - 2011
  • Poemas completos de Alberto Caieiro
  • Pense Magro
  • Pensar é transgredir
  • Os catadores de conchas
  • O show do eu
  • O mundo pós-aniversário
  • O monge e o executivo
  • O menino do pijama listrado
  • O livro das ignorãças
  • O livro da sabedoria
  • O estrangeiro
  • O caçador de pipas
  • O brincar e a realidade
  • No divã do Gikovate
  • Niketche - 2011
  • Nietzsche para estressados - 2011
  • Na presença do sentido
  • Millenium
  • Mentes Perigosas
  • Memórias das minhas putas tristes
  • Me larga!
  • Marley e eu
  • Mamãe, posso namorar pelado?
  • Mamãe e o sentido da vida - 2011
  • Longe daqui
  • Leite derramado
  • Ilha Deserta - Livros
  • Ilha Deserta - Filmes
  • Histórias das minhas putas tristes
  • Hamlet
  • Freud - Vol.XIV - 2011
  • Freud - Vol. XXIII
  • Freud - Vol. XXII - 2011
  • Freud - Vol. XXI
  • Freud - Vol. XVIII - 2011
  • Freud - Vol. XVII
  • Freud - Vol. XIX - 2011
  • Freud - Vol. XII
  • Freud - Vol. XI
  • Freud - Vol. VII
  • Freud - Vol. V - 2012
  • Freud - Vol. IX
  • Fora de mim - 2011
  • Família de alta perfomance
  • Fadas no divã, Diana L. Corso e Mario Corso
  • Fadas no divã
  • Eu sei que vou te amar
  • Enquanto o amor não vem
  • Doidas e santas
  • Divã
  • De frente para o Sol - 2011
  • Crime e castigo
  • Conversas sobre terapia
  • Contra um mundo melhor -2011
  • Comer,rezar,amar
  • Cartas a um jovem poeta
  • Caim
  • As pequenas memórias
  • As intermitências da morte
  • Amor é prosa, sexo é poesia
  • Alter Ego
  • Agape - 2011
  • Aforismos - 2011
  • A trama do equilibrio psiquico
  • A sabedoria dos mitos gregos - Aprender a Viver II - 2011
  • A sabedoria da vida
  • A idade dos milagres
  • A história de Edgard Sawtelle
  • A doçura do mundo - 2011
  • A cidade do sol
  • A Cabana
  • 2016-Verdades e Mentiras, Cortella, Dimenstein, Karnal e Pondé
  • 2016-Pressentimentos e suspeitas, Ivo Storniolo
  • 2016-O poder do discurso materno, Laura Gutman
  • 2016-O oitavo selo, Heloisa Seixas
  • 2016-O ano do pensamento mágico, Joan Didion
  • 2016-Mulheres de cinza, Mia Couto
  • 2016-Freud, obras completas, vol. 18
  • 2016-Felicidade ou Morte, Clovis de Barros Filho e Karnal
  • 2016-Enclausurado, Mc Ewan
  • 2016-Dias de abandono, Elena Ferrante
  • 2016-Depois a louca sou eu, Tati Bernardes
  • 2016-Como eu era antes de você, Jojo Moyes
  • 2016-Ah, que bom que eu sei, Brugitte Gross e Jakob Scheneider
  • 2016-A Peste, Albert Camus
  • 2016-A noite do meu bem, Ruy Castro
  • 2016-A felicidade é fácil , Edney Silvestre, Segunda Leitura
  • 2016-A árvore familiar, Denny Johnson
  • 2016-A alma imoral, Nilton Bonder
  • 2016- O livro dos insultos, H.L. Mencken
  • 2015-Tomar a vida nas próprias mãos , Gudrun Burkhard
  • 2015-Pimentas, Rubem Alves
  • 2015-Pequeno tratado das grandes virtudes - André Comte-Sponville
  • 2015-Pai rico pai pobre - Robert T. Kiyosaki
  • 2015-Os amigos, Hamlet L. Quintana
  • 2015-Onde foi que eu acertei? Francisco Daudt
  • 2015-O sol é para todos", Harper Lee
  • 2015-O que a vida me ensinou, Mario Cortella
  • 2015-O incolor Takurukami..., Haruki Murakami
  • 2015-O brilho do bronze, Boris Fausto
  • 2015-Numero Zero, Umberto Eco
  • 2015-Na berma de nenhuma estrada, Mia Couto
  • 2015-Interpretação e manejo na Clínica Wiicottiana, Ela O. Dias
  • 2015-Dom Quixote, Miguel de Cervantes
  • 2015-Diga aos lobos que estou em casa, Carol R. Brunt
  • 2015-Criaturas de um dia, Irvin Yalom
  • 2015-Como envelhecer, Anne Karpf
  • 2015-As pequenas virtudes, Natalia Ginzburg
  • 2015-A visita cruel do tempo, Jennifer Egan
  • 2015-A mágica da arrumação , Marie Kondo
  • 2015-A grande arrete de ser feliz, Rubem Alves
  • 2015-A filosofia de Rudolf Steiner e a crise dompensamento contemporâneo, Andrew Welburn
  • 2015- Pensar bem nos faz bem, M. S. Cortella
  • 2015- Nao nascemos prontos, M. S. Cortella
  • 2014-Uns cheios, outros em vão, Heloísa Seixas
  • 2014-Um rio chamado tempo, uma casa chamada terra, Mia Couto
  • 2014-Totem e Tabu, S. Freud
  • 2014-Textos de Winnicott
  • 2014-Textos de Pichon Riviere
  • 2014-Textos de Grupos, uma visáo psicanalítica
  • 2014-Textos de Bion
  • 2014-O segredo do meu marido, L . Moriestay
  • 2014-O retrato de Dorian Gray, Oscar Wilde
  • 2014-O nome próprio, Francisco Martins
  • 2014-O fotógrafo, Cristóvão Tezza
  • 2014-Fim, Fernanda Torres
  • 2014-Ensaio sobre a mentira, José Outeiral
  • 2014-Do universo à jabuticaba, Rubem Alves
  • 2014-Conhece-te a ti mesmo, José Outeiral
  • 2014-Adultescer, J. Outeiral
  • 2014-A revolta do corpo, Alice Miller
  • 2014-A festa da insignificância, Milan Kundera
  • 2014-A Ciranda das Mulheres Sábias, Clarissa P. Estés
  • 2014-1Q84, Vol. IIIHaruki Murakami
  • 2013 - Voce já pensou em escrever um livro?
  • 2013 - Subliminar
  • 2013 - Sr. Psicólogo, diga-me como ser feliz
  • 2013 - Por que você é minha - I
  • 2013 - Por que você é minha - II
  • 2013 - Por favor, cuide da mamãe
  • 2013 - Os quatro vínculos
  • 2013 - O Rabino e o Psicanalista
  • 2013 - O psicanalista vai ao cinema
  • 2013 - O oceano no fim do caminho
  • 2013 - O fio das missangas
  • 2013 - Nu, de botas.
  • 2013 - Inferno
  • 2013 - Filosofando no Cinema
  • 2013 - Elogio da mentira
  • 2013 - A vida que vale a pena ser vivida
  • 2013 - A graça da coisa
  • 2013 - A arte de amar
  • 2013 - 1Q84 Vol. II
  • 2013 - 1Q84
  • 2012 - Se eu fechar meus olhos agora
  • 2012 - Rimas de Vida e de Morte
  • 2012 - Profissão: Bebê
  • 2012 - Os sentidos da vida
  • 2012 - O retorno do jovem príncipe
  • 2012 - O clube do filme
  • 2012 - O amor companheiro
  • 2012 - Mulher Desiludida
  • 2012 - Fragmentos Clínicos de Psicanálise
  • 2012 - Feliz por nada
  • 2012 - É tudo tão simples
  • 2012 - Depressão:dos sintomas ao tratamento
  • 2012 - Como manter a mente sã
  • 2012 - Como deixar de ser gordo
  • 2012 - Como amar uma criança
  • 2012 - A queda
  • 2012 - A poesia do encontro
  • 2012 - A felicidade é fácil
  • 2012 - A elegância do ouriço
  • 2012 - A criação, segundo Freud