Páginas

Seguidores

Marcadores

Amigas (9) Blogando... (3) Brasil (4) Cidade (1) Citaçáo (1) DVDs (1) Enquete (1) Família (4) Felipe (2) Férias (1) Festas (4) Filhos (13) Filme (3) Filmes (2) Filosofando (10) Livros (27) Mãe (8) Mulher (7) Música (5) Pai (5) Pausa... (1) Pedro (20) Pensamento (2) Pensando... (21) Piada (2) Poesia (2) Política (9) Refletindo... (40) Tina (1) Viagem (11) Vovó (4)

segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Estoque de esperança!

Se tem uma coisa que tenho prá dar e vender, é esperança.
Graças a Deus, tenho convicção disso, e também orgulho. O meu mundo pode estar de cabeça virada, eu com a cabeça prá baixo acompanhando o caos, logo que o prumo reacontece, eu reajo, vejo o que dá prá ser feito, e  a esperança fala alto: "já vai melhorar!"
Apesar desse faz-de-conta que eu governo, da presidente Dilma, dessa dificuldade de tomar uma atitude perante esses ministros de meia-tigela antes que a imprensa a desmoralize totalmente, dessa roubalheira escancarada dos políticos, dessa falta de educação e de saúde, eu tenho esperança que um dia tudo se transformará (?!). Sou uma indignada esperançosa.
Hoje o Hino Nacional entoado pelos policiais na favela da Rocinha, esperançou minha alma e meu coração! Assisti na esteira, logo cedo no Bom Dia Brasil e as lágrimas não me obedeceram, escorreram livremente.
Fiquei com a aquela cena na mente o dia todo, e quando lí a matéria detalhada no Jornal, e que os moradores estão com medo de que o Estado não vai lhes proporcionar  "tudo aquilo" que o Nem lhes oferecia, um nó na garganta se formou, e novamente as lágrimas vieram. Fiquei sentida, estupefata, arrasada, e sei lá mais o quê.
E a esperança??? Cadê a esperança??? Está voltando...está chegando...Amanhã é dia da Proclamação da República, um dia para se ter mais um pouco de esperança...

16 comentários:

  1. A coisa tá difícil mesmo...Por uns tempos eles até poderão dar assistência l´. mas depois, duvido muito...Infelizmente... A esperança deve vir, ficar, renascer, mas tá difícil mesmo!!!beijos,chica e lindo feriado!

    ResponderExcluir
  2. OI querida Sonica!
    São tantos problemas, tantas injustiças, dá um nó na cabeça e um aperto no peito.
    A esperança, essa sim não deve faltar em nossos corações.
    Bjo e um ótimo feriado!

    ResponderExcluir
  3. Bom dia,Sonica!AS vezes eu perco a esperança nesse país sabe,mas sempre acontece algo surpreendente como o filme lixo extraordinário que reacende em mim a esperança em dias melhores.
    Pois é to achando que a mídia tá fazendo novela demais em cima da rocinha e se o Estado não conseguir oferecer o que o Nem oferecia o povo com certeza vai se revoltar.
    Beijosss

    ResponderExcluir
  4. Sonica que lindo teu post,emocionante a situação da Rocinha, que se mantenha dessa forma protegida, mas eu acredito que sim, pensando friamente é também um marketing para 2014 que até lá eles vão procurar manter limpo, muita gente não vem ao RJ por essa violência, confio em Deus e que Ele proteja os moradores da Rocinha, chega de tristeza para esse povo trabalhador e merecedor de paz! bjinhos, querida!

    ResponderExcluir
  5. Acompanho as notícias do Brasil sempre, pois morei aí muitos anos e por isso achei que foi boa esta ocupação da Rocinha e a prisão dos criminosos e dos policiais corruptos. Espero que a paz se mantenha, pois essa cidade não merece um clima aterrador desses. Claro que a mim, também uma lágrima caíria se tivesse ouvido essa declaração dos moradores, mas penso, amiga, que essa opinião não será a da maioria; deve ser um pequeno grupo de pessoas que de alguma maneira tirava benefícios do crime, mas o resto da comunidade acredito que está feliz com o fim do terror em que vivia. Mas...resta-nos a esperança de que tudo se resolva e de que o ser humano vá melhorando. Ainda acredito muito no ser humano! Um beijinho e até breve. Fica bem!
    Emília

    ResponderExcluir
  6. Olá, tudo bem?
    Muito obrigada por ter dado uma passadinha no meu blog..
    Têm post novo, corre lá!
    Um beijo e boa quinta-feira,
    Thaís Santos, Equipe Love Me.

    ResponderExcluir
  7. Há que se ter esperança, sempre.

    Um final de semana de esperanças, alegrias, cores e sabores pra vc :)

    ResponderExcluir
  8. Olá Sonica,
    Gostei muito do termo que você usou para se qualificar diante da situação: "indignada esperançosa".
    Acredito que devemos nos indignar sim, mas nunca perder a esperança. Se mantivermos um pensamento
    mais otimista poderemos emanar vibrações positivas para o nosso Brasil, auxiliando o universo a conspirar a favor.
    E depois, quando perdemos a esperança não temos mais motivação para lutar.
    Tenha um ótimo final de semana.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  9. Oi,Sonica querida!Esperança sempre!!
    Uma ótima semana cheia de coisas boas!
    Beijossss

    ResponderExcluir
  10. Temos que ter esperança, se nã tivermos imagine como seria o mundo né?

    beijos

    ResponderExcluir
  11. Oi Sonica querida muito obrigada pela atenção, estou bem graças a Deus,. Um abraço para vc de muita paz

    ResponderExcluir
  12. Te admiro pela capacidade de ter esperança...A minha anda abalada, confesso.

    Beijos, flor.

    ResponderExcluir
  13. Oi Sonica, paz para todos. Vc não eatá sozinha , eu acredito num Brasil melhor, eu tenho espersnça e fé tambem , que um dia acertaremos com os candidatos certos e sonho com um Brasil gigante, onde será o celeiro do mundo, talvez eu não alcance, mais os netos e bisnetos verão.

    ResponderExcluir
  14. Tenho sempre esperança, mais as vezes confesso que me falta coragem.

    Beijo gd

    ResponderExcluir
  15. desejo do dia:
    uma semana de paz e alegrias :)

    ResponderExcluir
  16. Quando se tem esperança...já se venceu a guerra!
    Beijos muitos.
    Graça

    ResponderExcluir

Livros, meu relax n. 1:2016,2015,2014,2013, 2012, 2011, 2010 , 2009

  • Vivências de um psicanalista
  • Um sentido para a vida
  • Sobre a amizade e outros diálogos
  • Segredos e atalhos do iPad - 2011
  • Quase tudo
  • Putz, virei minha mãe!
  • Purgatório
  • Psicanálise dos Milagres de Cristo - 2011
  • Poemas completos de Alberto Caieiro
  • Pense Magro
  • Pensar é transgredir
  • Os catadores de conchas
  • O show do eu
  • O mundo pós-aniversário
  • O monge e o executivo
  • O menino do pijama listrado
  • O livro das ignorãças
  • O livro da sabedoria
  • O estrangeiro
  • O caçador de pipas
  • O brincar e a realidade
  • No divã do Gikovate
  • Niketche - 2011
  • Nietzsche para estressados - 2011
  • Na presença do sentido
  • Millenium
  • Mentes Perigosas
  • Memórias das minhas putas tristes
  • Me larga!
  • Marley e eu
  • Mamãe, posso namorar pelado?
  • Mamãe e o sentido da vida - 2011
  • Longe daqui
  • Leite derramado
  • Ilha Deserta - Livros
  • Ilha Deserta - Filmes
  • Histórias das minhas putas tristes
  • Hamlet
  • Freud - Vol.XIV - 2011
  • Freud - Vol. XXIII
  • Freud - Vol. XXII - 2011
  • Freud - Vol. XXI
  • Freud - Vol. XVIII - 2011
  • Freud - Vol. XVII
  • Freud - Vol. XIX - 2011
  • Freud - Vol. XII
  • Freud - Vol. XI
  • Freud - Vol. VII
  • Freud - Vol. V - 2012
  • Freud - Vol. IX
  • Fora de mim - 2011
  • Família de alta perfomance
  • Fadas no divã, Diana L. Corso e Mario Corso
  • Fadas no divã
  • Eu sei que vou te amar
  • Enquanto o amor não vem
  • Doidas e santas
  • Divã
  • De frente para o Sol - 2011
  • Crime e castigo
  • Conversas sobre terapia
  • Contra um mundo melhor -2011
  • Comer,rezar,amar
  • Cartas a um jovem poeta
  • Caim
  • As pequenas memórias
  • As intermitências da morte
  • Amor é prosa, sexo é poesia
  • Alter Ego
  • Agape - 2011
  • Aforismos - 2011
  • A trama do equilibrio psiquico
  • A sabedoria dos mitos gregos - Aprender a Viver II - 2011
  • A sabedoria da vida
  • A idade dos milagres
  • A história de Edgard Sawtelle
  • A doçura do mundo - 2011
  • A cidade do sol
  • A Cabana
  • 2016-Verdades e Mentiras, Cortella, Dimenstein, Karnal e Pondé
  • 2016-Pressentimentos e suspeitas, Ivo Storniolo
  • 2016-O poder do discurso materno, Laura Gutman
  • 2016-O oitavo selo, Heloisa Seixas
  • 2016-O ano do pensamento mágico, Joan Didion
  • 2016-Mulheres de cinza, Mia Couto
  • 2016-Freud, obras completas, vol. 18
  • 2016-Felicidade ou Morte, Clovis de Barros Filho e Karnal
  • 2016-Enclausurado, Mc Ewan
  • 2016-Dias de abandono, Elena Ferrante
  • 2016-Depois a louca sou eu, Tati Bernardes
  • 2016-Como eu era antes de você, Jojo Moyes
  • 2016-Ah, que bom que eu sei, Brugitte Gross e Jakob Scheneider
  • 2016-A Peste, Albert Camus
  • 2016-A noite do meu bem, Ruy Castro
  • 2016-A felicidade é fácil , Edney Silvestre, Segunda Leitura
  • 2016-A árvore familiar, Denny Johnson
  • 2016-A alma imoral, Nilton Bonder
  • 2016- O livro dos insultos, H.L. Mencken
  • 2015-Tomar a vida nas próprias mãos , Gudrun Burkhard
  • 2015-Pimentas, Rubem Alves
  • 2015-Pequeno tratado das grandes virtudes - André Comte-Sponville
  • 2015-Pai rico pai pobre - Robert T. Kiyosaki
  • 2015-Os amigos, Hamlet L. Quintana
  • 2015-Onde foi que eu acertei? Francisco Daudt
  • 2015-O sol é para todos", Harper Lee
  • 2015-O que a vida me ensinou, Mario Cortella
  • 2015-O incolor Takurukami..., Haruki Murakami
  • 2015-O brilho do bronze, Boris Fausto
  • 2015-Numero Zero, Umberto Eco
  • 2015-Na berma de nenhuma estrada, Mia Couto
  • 2015-Interpretação e manejo na Clínica Wiicottiana, Ela O. Dias
  • 2015-Dom Quixote, Miguel de Cervantes
  • 2015-Diga aos lobos que estou em casa, Carol R. Brunt
  • 2015-Criaturas de um dia, Irvin Yalom
  • 2015-Como envelhecer, Anne Karpf
  • 2015-As pequenas virtudes, Natalia Ginzburg
  • 2015-A visita cruel do tempo, Jennifer Egan
  • 2015-A mágica da arrumação , Marie Kondo
  • 2015-A grande arrete de ser feliz, Rubem Alves
  • 2015-A filosofia de Rudolf Steiner e a crise dompensamento contemporâneo, Andrew Welburn
  • 2015- Pensar bem nos faz bem, M. S. Cortella
  • 2015- Nao nascemos prontos, M. S. Cortella
  • 2014-Uns cheios, outros em vão, Heloísa Seixas
  • 2014-Um rio chamado tempo, uma casa chamada terra, Mia Couto
  • 2014-Totem e Tabu, S. Freud
  • 2014-Textos de Winnicott
  • 2014-Textos de Pichon Riviere
  • 2014-Textos de Grupos, uma visáo psicanalítica
  • 2014-Textos de Bion
  • 2014-O segredo do meu marido, L . Moriestay
  • 2014-O retrato de Dorian Gray, Oscar Wilde
  • 2014-O nome próprio, Francisco Martins
  • 2014-O fotógrafo, Cristóvão Tezza
  • 2014-Fim, Fernanda Torres
  • 2014-Ensaio sobre a mentira, José Outeiral
  • 2014-Do universo à jabuticaba, Rubem Alves
  • 2014-Conhece-te a ti mesmo, José Outeiral
  • 2014-Adultescer, J. Outeiral
  • 2014-A revolta do corpo, Alice Miller
  • 2014-A festa da insignificância, Milan Kundera
  • 2014-A Ciranda das Mulheres Sábias, Clarissa P. Estés
  • 2014-1Q84, Vol. IIIHaruki Murakami
  • 2013 - Voce já pensou em escrever um livro?
  • 2013 - Subliminar
  • 2013 - Sr. Psicólogo, diga-me como ser feliz
  • 2013 - Por que você é minha - I
  • 2013 - Por que você é minha - II
  • 2013 - Por favor, cuide da mamãe
  • 2013 - Os quatro vínculos
  • 2013 - O Rabino e o Psicanalista
  • 2013 - O psicanalista vai ao cinema
  • 2013 - O oceano no fim do caminho
  • 2013 - O fio das missangas
  • 2013 - Nu, de botas.
  • 2013 - Inferno
  • 2013 - Filosofando no Cinema
  • 2013 - Elogio da mentira
  • 2013 - A vida que vale a pena ser vivida
  • 2013 - A graça da coisa
  • 2013 - A arte de amar
  • 2013 - 1Q84 Vol. II
  • 2013 - 1Q84
  • 2012 - Se eu fechar meus olhos agora
  • 2012 - Rimas de Vida e de Morte
  • 2012 - Profissão: Bebê
  • 2012 - Os sentidos da vida
  • 2012 - O retorno do jovem príncipe
  • 2012 - O clube do filme
  • 2012 - O amor companheiro
  • 2012 - Mulher Desiludida
  • 2012 - Fragmentos Clínicos de Psicanálise
  • 2012 - Feliz por nada
  • 2012 - É tudo tão simples
  • 2012 - Depressão:dos sintomas ao tratamento
  • 2012 - Como manter a mente sã
  • 2012 - Como deixar de ser gordo
  • 2012 - Como amar uma criança
  • 2012 - A queda
  • 2012 - A poesia do encontro
  • 2012 - A felicidade é fácil
  • 2012 - A elegância do ouriço
  • 2012 - A criação, segundo Freud