Páginas

Seguidores

Marcadores

Amigas (9) Blogando... (3) Brasil (4) Cidade (1) Citaçáo (1) DVDs (1) Enquete (1) Família (4) Felipe (2) Férias (1) Festas (4) Filhos (13) Filme (3) Filmes (2) Filosofando (10) Livros (27) Mãe (8) Mulher (7) Música (5) Pai (5) Pausa... (1) Pedro (20) Pensamento (2) Pensando... (21) Piada (2) Poesia (2) Política (9) Refletindo... (40) Tina (1) Viagem (11) Vovó (4)

quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Carta ao Pedro

Meu querido neto,
eu fiquei tão feliz e realizda com você aqui em casa  nestes dias de Carnaval, que resolvi  te escrever uma carta; apesar de estar aqui no meio virtual, ela foi passada a limpo, coisa tão antiga, copiada de uma folha em  letra de mão ("vovó, numtôentendendonada...").
 Sabe, pensei que se talvez,  os "escafandristas, aqueles da música do Chico, também vierem vasculhar minha casa e acharem fragmentos de cartas, poemas, num fundo de armário,  milênios milênios no ar"...  irão constatar que as avós amam  muito os netos, e que a Sonica é integrante  desse rol. Acho bobagem ficar falando que amo mais que todas, porque amor de vó deve ser semelhante nessa espécie, mas não faltou vontade.
Pedrão, "vamo lá":  vc foi abençoado com o bom-humor,  presentão de Deus. Tente de todas as formas preservá-lo. Eu também fui, como outras pessoas também foram, mas muitas não deram importância a esse presente, e foram deixando-o de lado, e ele se foi. Não deixe, tá? Agarre-o muito firme! Bom humor nessa vida é primordial, essencial.
Outra coisa: a vida é prá ser vivida, com seus altos e baixos. De novo com a ajuda  do Chico: " ...uns dias chovem, outros dias fazem Sol, mas o que eu quero lhe dizer: é que a coisa aqui tá preta"...infelizmente tem verdade nessa canção: a corrupção e a bandidagem correm soltas no nosso país, e em muitos outros lugares, mas a vovó tem esperança que um dia a coisa vire, e bandido e corrupto vão estar no lugar certo, e nós iremos viver bem melhor. Isso depende um pouco de nós todos, e até de você!
 "Numquedito, vovó", pois é, mas vamos conversar melhor sobre isso mais prá frente! Mas o que eu quero mesmo lhe dizer  hoje é que não adianta ir atrás do impossível, é importante  permitir-se errar, e divertir-se com simplicidade é bom demais!
Agora oh: piano é muito legal mesmo, você experimentou e acho que gostou, pois tocou todos os dias. É uma das melhores coisas da vida: a Sonica adora! Mas aqui vai mais  um segredo: arte em si é deliciosa. Você vai conhecer um monte de outras formas, e até vai saber da célebre frase: a vida é uma arte!
Livros então, meu Deus! São sempre nossos companheiros, amigos, sabe como? Claro que você sabe, já os adora. Não os abandone, grude-os com o bom humor, e segue camihando pela vida.
Esporte é outra maravilha. Faz parte da tão falada vida saudável! Com o tempo, você vai conhecendo as modadalidades, e vai se identificar com alguma delas. Cole também juntinho com mais alguns ítens: os filmes (ah, os filmes!), a música, os estudos, e também é necessário estudar Inglês. Nem adianta reclamar.
Ficaria aqui escrevendo tanta coisa, mas acho que já ficou comprida demais essa carta. Vou fazer o seguinte: logo te escrevo outra, combinado?
Já já será seu aniversário. 2 anos." Puxa que puxa", diria o Júlio, como passou rápido! Outro clichê, mas fazer o quê?" È vero"! E não esquecerei jamais o 1 e 9, 1 e 10, e o 1 e 11. Serão eternos. Obrigada pela sua companhia e pela sua alegria.
Fique com Deus e com um super beijo da,
Vovó Sonica.

44 comentários:

  1. Oi,Sonica!Que carta linda!Tenho certeza que o Pedro vai lê-la muitas vezes ao longo da vida dele.
    E que ele siga sua vida com bom humor, com os livros que realmente são ótimos companheiros.
    Beijossss

    ResponderExcluir
  2. Linda carta ao Pedro, dessa vovó carinhosa e que sabe das coisas! beijos,chica

    ResponderExcluir
  3. Tão amorosa esta carta. Nada como deixar os sentimantos na escrita, é a melhor forma de os eternizar.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  4. Ai, essa cartinha me emocionou.
    Esse molequinho é muito abençoado, tem um sorriso radiante, é um doce, bonzinho, fofo, carinhoso, brincalhão. Não quero comparar com o amor de vó, tá? (hehehe), mas tb amo demais o Pedrão!

    Um beijo, Renata

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sei do tamanho desse amor pelo Pedro,Renata, a Pati ama demais seus filhos também! Obrigada querida,

      Excluir
  5. Ai Sonica, "num quedito"! Coisa mais linda! Fiquei muito emocionada!Obrigada! Te amo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É emoção demais, filha linda! E recheada de muito amor! Bjs,

      Excluir
  6. Ai Meu Deus, que maravilha, chorei, ri, admirei, obrigada Sonica por esse amor que se espalha na tua família, eu não tenho netos, já tive emprestado do meu último casamento, e sinto muita falta da "netinha", a ligação é imensa e inexplicável, senti cada palavra tua, uma carta é sempre linda, quando falam em cartas, já me coloco a postos para ler, só esse nome enche de pompas, o fato de ser, porque cartas não carregam só as letras, elas carregam histórias e tem sempre segredos da alma. parabéns, bjinhos e obrigada por esse momento, bom findi, amiga.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada Eva por palavras tã o doces!
      Bjs,

      Excluir
  7. Adorei esta sua carta ao seu netinho e vou-lhe dizer uma coisa...o que mais aprecio no meu filho ( 35 anos e dois filhotes) é o bom humor; está sempre a brincar e de bem com a vida; os problemas esses eles resolve-os com a boa disposição e penso que esse estar de bem com a vida é que faz dele um adulto apreciado por todos. Não é a mim que ele sai, mas sim ao pai. O bom humor ajuda-nos a enfrentar melhor esta nossa sociedade de hoje cheia de corruptos como diz o Chico e também como diz Caetano naquela música já tão antiga, Podres Poderes ( no Começar de Novo esta semana)Só espero que os meus netinhos ( Lucas de 4 e Eduarda de 2 ) herdem do Pai essa característica, pois isso ajudá-los-á a suportar melhor os desafios deste nosso mundo tão conturbado. Parabéns, amiga, e que a vida seja abençoada para o seu Pedrão. Um bom fim de semana
    Emília

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida Emília, esse tal de bom humor é o diferencial para saber viver bem. Obrigada pelo seu carinho,
      Bjs

      Excluir
  8. Adorei suas dicas e parabenizo pelo lindo espaço. Já estou te seguindo e te convido para conhecer meu blog, se gostar me segue de volta. Beijos

    www.novamodaemdestaque.com

    ResponderExcluir
  9. Bom dia, querida amiga Sonica.

    As velhas cartas ainda fazem muito efeito.
    Lindos os seus conselhos!!

    Beijos.

    ResponderExcluir
  10. Sonica querida
    Que carta mais linda!
    Pedro tem muita sorte, por ter uma avó tao querida.
    Adorei!
    Bjks mil e uma otima semana

    http://blogdaclauo.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  11. Ser vó...uma dádiva...
    Beijo Lisette.

    ResponderExcluir
  12. Que carta linda e comovente. Sorte do netinho ter uma vovó que também já foi amiga do "Chico"...Há sempre um estoque de velhas máximas para lembrar e gastar à vontade. Sábios conselhos vovó!
    Parabéns!
    Linda semana
    yvone

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que deícia,uma amiga nova! Já vou te conhecer, Santinha!
      Bjs,

      Excluir
  13. Oi Sonica,

    Tenho um sobrinho neto que também se chama Pedro e tem três anos. É minha alegria e paixão. Daria todos estes sábios conselhos para ele, se ele já
    estivesse em condições de entendê-los.
    Amei sua carta. Uma carta que será eterna para seu neto.

    Beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada querida Vera, de coração!
      Bjs,

      Excluir
  14. Oi Flor
    Obrigada pelo carinho lá no meu cantinho...
    Ta dificil amiga,mas logo tudo toma seu rumo...
    Grande Beijo

    ResponderExcluir
  15. SONICA
    ARRASANDO...PARA VARIAR...NÉ.....
    AMEI A CARTA....
    AMAVA ESCREVÊ-LAS TBEM....
    ESSES NETOS NOS ENLOUQUECEM DE TANTO AMOR.
    BJUS
    VERA GAMA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida Vera,
      Estava com saudades de vc aqui no meu canto!
      Obrigada pelo seu carinho,

      Excluir
  16. Adorei a postagem amiga!

    Parabéns pelo Dia Internacional da mulher, sucesso sempre pra ti. Beijos!

    ResponderExcluir
  17. Ai como eu queria que minha tivesse tido a oportunidade de escrever algo assim! Seria um presente.

    ResponderExcluir
  18. Agradecendo o seu carinho nas visitas e agora fazendo parte do teu cantinho.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  19. Ah, que coisa mais linda!!! Amor de vó é tudo de bom. Tenho certeza de que o Pedro vai amar essa carta quando souber ler!!! E é bem isso aí, deixar pra ele , além de amor, dicas super úteis pra um mundo melhor e mais culto. Beijos.

    ResponderExcluir
  20. Que linda essa carta Sonica, que presente maravilhoso esse.

    ResponderExcluir
  21. Sonica, eu li e me emocionei muitíssimo. Que linda essa carta! Vi esse menino `Pedro´ adulto, lindo, de sorriso imenso com essa carta nas mãos.
    Sem palavras...Indescritível!!!! Que avó mais linda...
    beijos,
    Norita

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Raquel ! Émuito amor mesmo.... Bjs

      Excluir

Livros, meu relax n. 1:2016,2015,2014,2013, 2012, 2011, 2010 , 2009

  • Vivências de um psicanalista
  • Um sentido para a vida
  • Sobre a amizade e outros diálogos
  • Segredos e atalhos do iPad - 2011
  • Quase tudo
  • Putz, virei minha mãe!
  • Purgatório
  • Psicanálise dos Milagres de Cristo - 2011
  • Poemas completos de Alberto Caieiro
  • Pense Magro
  • Pensar é transgredir
  • Os catadores de conchas
  • O show do eu
  • O mundo pós-aniversário
  • O monge e o executivo
  • O menino do pijama listrado
  • O livro das ignorãças
  • O livro da sabedoria
  • O estrangeiro
  • O caçador de pipas
  • O brincar e a realidade
  • No divã do Gikovate
  • Niketche - 2011
  • Nietzsche para estressados - 2011
  • Na presença do sentido
  • Millenium
  • Mentes Perigosas
  • Memórias das minhas putas tristes
  • Me larga!
  • Marley e eu
  • Mamãe, posso namorar pelado?
  • Mamãe e o sentido da vida - 2011
  • Longe daqui
  • Leite derramado
  • Ilha Deserta - Livros
  • Ilha Deserta - Filmes
  • Histórias das minhas putas tristes
  • Hamlet
  • Freud - Vol.XIV - 2011
  • Freud - Vol. XXIII
  • Freud - Vol. XXII - 2011
  • Freud - Vol. XXI
  • Freud - Vol. XVIII - 2011
  • Freud - Vol. XVII
  • Freud - Vol. XIX - 2011
  • Freud - Vol. XII
  • Freud - Vol. XI
  • Freud - Vol. VII
  • Freud - Vol. V - 2012
  • Freud - Vol. IX
  • Fora de mim - 2011
  • Família de alta perfomance
  • Fadas no divã, Diana L. Corso e Mario Corso
  • Fadas no divã
  • Eu sei que vou te amar
  • Enquanto o amor não vem
  • Doidas e santas
  • Divã
  • De frente para o Sol - 2011
  • Crime e castigo
  • Conversas sobre terapia
  • Contra um mundo melhor -2011
  • Comer,rezar,amar
  • Cartas a um jovem poeta
  • Caim
  • As pequenas memórias
  • As intermitências da morte
  • Amor é prosa, sexo é poesia
  • Alter Ego
  • Agape - 2011
  • Aforismos - 2011
  • A trama do equilibrio psiquico
  • A sabedoria dos mitos gregos - Aprender a Viver II - 2011
  • A sabedoria da vida
  • A idade dos milagres
  • A história de Edgard Sawtelle
  • A doçura do mundo - 2011
  • A cidade do sol
  • A Cabana
  • 2016-Verdades e Mentiras, Cortella, Dimenstein, Karnal e Pondé
  • 2016-Pressentimentos e suspeitas, Ivo Storniolo
  • 2016-O poder do discurso materno, Laura Gutman
  • 2016-O oitavo selo, Heloisa Seixas
  • 2016-O ano do pensamento mágico, Joan Didion
  • 2016-Mulheres de cinza, Mia Couto
  • 2016-Freud, obras completas, vol. 18
  • 2016-Felicidade ou Morte, Clovis de Barros Filho e Karnal
  • 2016-Enclausurado, Mc Ewan
  • 2016-Dias de abandono, Elena Ferrante
  • 2016-Depois a louca sou eu, Tati Bernardes
  • 2016-Como eu era antes de você, Jojo Moyes
  • 2016-Ah, que bom que eu sei, Brugitte Gross e Jakob Scheneider
  • 2016-A Peste, Albert Camus
  • 2016-A noite do meu bem, Ruy Castro
  • 2016-A felicidade é fácil , Edney Silvestre, Segunda Leitura
  • 2016-A árvore familiar, Denny Johnson
  • 2016-A alma imoral, Nilton Bonder
  • 2016- O livro dos insultos, H.L. Mencken
  • 2015-Tomar a vida nas próprias mãos , Gudrun Burkhard
  • 2015-Pimentas, Rubem Alves
  • 2015-Pequeno tratado das grandes virtudes - André Comte-Sponville
  • 2015-Pai rico pai pobre - Robert T. Kiyosaki
  • 2015-Os amigos, Hamlet L. Quintana
  • 2015-Onde foi que eu acertei? Francisco Daudt
  • 2015-O sol é para todos", Harper Lee
  • 2015-O que a vida me ensinou, Mario Cortella
  • 2015-O incolor Takurukami..., Haruki Murakami
  • 2015-O brilho do bronze, Boris Fausto
  • 2015-Numero Zero, Umberto Eco
  • 2015-Na berma de nenhuma estrada, Mia Couto
  • 2015-Interpretação e manejo na Clínica Wiicottiana, Ela O. Dias
  • 2015-Dom Quixote, Miguel de Cervantes
  • 2015-Diga aos lobos que estou em casa, Carol R. Brunt
  • 2015-Criaturas de um dia, Irvin Yalom
  • 2015-Como envelhecer, Anne Karpf
  • 2015-As pequenas virtudes, Natalia Ginzburg
  • 2015-A visita cruel do tempo, Jennifer Egan
  • 2015-A mágica da arrumação , Marie Kondo
  • 2015-A grande arrete de ser feliz, Rubem Alves
  • 2015-A filosofia de Rudolf Steiner e a crise dompensamento contemporâneo, Andrew Welburn
  • 2015- Pensar bem nos faz bem, M. S. Cortella
  • 2015- Nao nascemos prontos, M. S. Cortella
  • 2014-Uns cheios, outros em vão, Heloísa Seixas
  • 2014-Um rio chamado tempo, uma casa chamada terra, Mia Couto
  • 2014-Totem e Tabu, S. Freud
  • 2014-Textos de Winnicott
  • 2014-Textos de Pichon Riviere
  • 2014-Textos de Grupos, uma visáo psicanalítica
  • 2014-Textos de Bion
  • 2014-O segredo do meu marido, L . Moriestay
  • 2014-O retrato de Dorian Gray, Oscar Wilde
  • 2014-O nome próprio, Francisco Martins
  • 2014-O fotógrafo, Cristóvão Tezza
  • 2014-Fim, Fernanda Torres
  • 2014-Ensaio sobre a mentira, José Outeiral
  • 2014-Do universo à jabuticaba, Rubem Alves
  • 2014-Conhece-te a ti mesmo, José Outeiral
  • 2014-Adultescer, J. Outeiral
  • 2014-A revolta do corpo, Alice Miller
  • 2014-A festa da insignificância, Milan Kundera
  • 2014-A Ciranda das Mulheres Sábias, Clarissa P. Estés
  • 2014-1Q84, Vol. IIIHaruki Murakami
  • 2013 - Voce já pensou em escrever um livro?
  • 2013 - Subliminar
  • 2013 - Sr. Psicólogo, diga-me como ser feliz
  • 2013 - Por que você é minha - I
  • 2013 - Por que você é minha - II
  • 2013 - Por favor, cuide da mamãe
  • 2013 - Os quatro vínculos
  • 2013 - O Rabino e o Psicanalista
  • 2013 - O psicanalista vai ao cinema
  • 2013 - O oceano no fim do caminho
  • 2013 - O fio das missangas
  • 2013 - Nu, de botas.
  • 2013 - Inferno
  • 2013 - Filosofando no Cinema
  • 2013 - Elogio da mentira
  • 2013 - A vida que vale a pena ser vivida
  • 2013 - A graça da coisa
  • 2013 - A arte de amar
  • 2013 - 1Q84 Vol. II
  • 2013 - 1Q84
  • 2012 - Se eu fechar meus olhos agora
  • 2012 - Rimas de Vida e de Morte
  • 2012 - Profissão: Bebê
  • 2012 - Os sentidos da vida
  • 2012 - O retorno do jovem príncipe
  • 2012 - O clube do filme
  • 2012 - O amor companheiro
  • 2012 - Mulher Desiludida
  • 2012 - Fragmentos Clínicos de Psicanálise
  • 2012 - Feliz por nada
  • 2012 - É tudo tão simples
  • 2012 - Depressão:dos sintomas ao tratamento
  • 2012 - Como manter a mente sã
  • 2012 - Como deixar de ser gordo
  • 2012 - Como amar uma criança
  • 2012 - A queda
  • 2012 - A poesia do encontro
  • 2012 - A felicidade é fácil
  • 2012 - A elegância do ouriço
  • 2012 - A criação, segundo Freud