Páginas

Seguidores

Marcadores

Amigas (9) Blogando... (3) Brasil (4) Cidade (1) Citaçáo (1) DVDs (1) Enquete (1) Família (4) Felipe (2) Férias (1) Festas (4) Filhos (13) Filme (3) Filmes (2) Filosofando (10) Livros (27) Mãe (8) Mulher (7) Música (5) Pai (5) Pausa... (1) Pedro (20) Pensamento (2) Pensando... (21) Piada (2) Poesia (2) Política (9) Refletindo... (40) Tina (1) Viagem (11) Vovó (4)

domingo, 24 de novembro de 2013

Tchau Candy Crush!

Estou feliz em ter conseguido dar tchau a esse jogo. Gostaria de logo dizer adeus, mas vou devagar. 
Se conseguí parar de fumar aos 28 anos, como não conseguiria parar com o Candy? Fumar deve ser vício pior, pensei eu. Faz alguns dias que não jogo, e estou lendo bem mais, que era o meu propósito. 
Tenho dois vícios que não quero deixar: música e livros. Às vezes nessa ordem, e outras na inversa. 
Esses dois eu não vou abandonar nunca. Serão eternos ( tomara!). E tempo prá eles é minha proposta nova, proposta de 2013 para 2014 e etc. 
Vou terminar  o livro da Martha Medeiros ouvindo Gal cantando Jobim. Tchau.



25 comentários:

  1. Não sei que jogo é esse, mas se provoca dependência, sou contra. Ainda bem que se libertou.
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Boa tarde, Sonica. Excelente gosto musical.
    Também amo música e gosto mais de escrever do que ler, acho que é mais ação, apesar de que tem livros que prendem bastante a minha atenção sem dar sono.
    Vícios, se quisermos, conseguimos nos libertar.
    O que não nos faz bem tem de ser banido das nossas vidas.
    Você conseguirá!
    Beijos na alma e parabéns pelo seu espaço!
    Fique com Deus!

    ResponderExcluir
  3. Eu nem sei que jogo é esse!Totalmente por fora,rs E que bom que o deixaste!Ler e música, na certa faz muito bem! beijos,chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Achei legal que desse lado de cá ninguém conhece o joguinho! Bjs,

      Excluir
  4. Bom dia Sonica, espero que estejas ,bem quanto o jogo eu n/ao conheço, mais tenho certeza que vais conseguir largar, quem deixa o vicio do fumo larga qualquer outro, todos que fumavam fala da dificuldade de deixar o vicio . Um abraço fraterno, Celina

    ResponderExcluir
  5. Boa decisão (apensar de não saber de que jogo se trata, mas td jogo que prende, vicia, tudo que vicia, não é bom)
    Martha com Gal!
    Ótima dupla!

    “A vida não é um questionário de Proust. Você não precisa ter que responder ao mundo quais são suas qualidades, sua cor preferida, seu prato favorito, que bicho seria. Que mania de se autoconhecer. Chega de se autoconhecer. Você é o que é, um imperfeito bem-intencionado e que muda de opinião sem a menor culpa. Ser feliz por nada talvez seja isso.”

    "Tem hora que é imprescindível chutar o balde. Tem hora que é fundamental deixar a verdade nua e crua vir à tona. E você passa a achar que não tem vocação pra ser legal o tempo inteiro. E é verdade. Ninguém tem. É cansativo. Desgastante. Já somos legais à beça por tentar. Tem gente que nem isso."

    Martha Medeiros


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Incrível essa Martha, não é mesmo? Lê nossos pensamentos e coloca no papel! Obrigada Tina!

      Excluir
  6. Boa noite, querida amiga Sonica.

    Livros e música, realmente são o melhor vício.
    Que Deus abençoe todos os seus projetos.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Lindo fds pra ti também e tuuuuuuuuuuuuuudo de bom,beijos,chica

    ResponderExcluir
  8. Olá Sonica,

    Não conheço este jogo, mas acredito que podemos gostar de jogos desde que não nos deixemos dominar por eles. Alguns joguinhos são bem prazerosos, mas para tudo é necessário certo equilíbrio. Dividir o tempo é importante para aproveitá-lo melhor com atividades diferentes. Quanto a livros e músicas, estes vícios são recomendáveis, sem qualquer moderação.

    Um dezembro abençoado e maravilhoso para você.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  9. Vc é um barato! Está certíssima!
    Vejo muita gente viciada nele. Eu nao jogo, sou viciada nos meus livros!
    Depois me conta se gostou deste ultimo da Martha, ainda nao li
    Adoro suas visitas la no blog, venha sempre, querida!
    Bjks mil e uma otima semana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já estou enfurnada nos livros como nunca! Bj

      Excluir
  10. Olá Sonica,

    Ler e escrever é um excelente vicio. Há jogos que é uma ótima distração só não podemos deixar que ele nos domine.
    Beijos e ótima semana!

    ResponderExcluir
  11. Podemos ter muito vícios saudáveis...
    Beijo Lisette.

    ResponderExcluir
  12. Oi,Sonica!Nossa adorei receber tua visita!Saudades tuas.Qual livro da Martha estais lendo?Hum tbm ando muito viciada no candy aff é preciso ler mais também ando muito preguiçosa pra leitura.Ando passando tempo demais no pc e lendo de menos.
    Um ótimo findi!Beijosss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pelo menos uma amiga blogueira q também joga o Candy! Bjs, querida!

      Excluir
  13. Sonica
    Obrigada pelas palvras de incentivo.
    Mas tenho uma irma advogada que disse ser muito perigoso este veiculo. eu nao sei mentir e escrevo o que penso . Entao eu me restrinjo muito. Escrevo pouco pois naos ei fazer historia de mentiras. so de verdades ou meia verdades.
    Mas nao vou parar pois tenho amigos e amigas aqui inesqueciveis
    feliz natal com muita alegria de saber que deixou de jogar. eu nao gosto de jogos. tenho desanimo em jogar.
    com carinho sua sempre amiga Monica

    ResponderExcluir

Livros, meu relax n. 1:2016,2015,2014,2013, 2012, 2011, 2010 , 2009

  • Vivências de um psicanalista
  • Um sentido para a vida
  • Sobre a amizade e outros diálogos
  • Segredos e atalhos do iPad - 2011
  • Quase tudo
  • Putz, virei minha mãe!
  • Purgatório
  • Psicanálise dos Milagres de Cristo - 2011
  • Poemas completos de Alberto Caieiro
  • Pense Magro
  • Pensar é transgredir
  • Os catadores de conchas
  • O show do eu
  • O mundo pós-aniversário
  • O monge e o executivo
  • O menino do pijama listrado
  • O livro das ignorãças
  • O livro da sabedoria
  • O estrangeiro
  • O caçador de pipas
  • O brincar e a realidade
  • No divã do Gikovate
  • Niketche - 2011
  • Nietzsche para estressados - 2011
  • Na presença do sentido
  • Millenium
  • Mentes Perigosas
  • Memórias das minhas putas tristes
  • Me larga!
  • Marley e eu
  • Mamãe, posso namorar pelado?
  • Mamãe e o sentido da vida - 2011
  • Longe daqui
  • Leite derramado
  • Ilha Deserta - Livros
  • Ilha Deserta - Filmes
  • Histórias das minhas putas tristes
  • Hamlet
  • Freud - Vol.XIV - 2011
  • Freud - Vol. XXIII
  • Freud - Vol. XXII - 2011
  • Freud - Vol. XXI
  • Freud - Vol. XVIII - 2011
  • Freud - Vol. XVII
  • Freud - Vol. XIX - 2011
  • Freud - Vol. XII
  • Freud - Vol. XI
  • Freud - Vol. VII
  • Freud - Vol. V - 2012
  • Freud - Vol. IX
  • Fora de mim - 2011
  • Família de alta perfomance
  • Fadas no divã, Diana L. Corso e Mario Corso
  • Fadas no divã
  • Eu sei que vou te amar
  • Enquanto o amor não vem
  • Doidas e santas
  • Divã
  • De frente para o Sol - 2011
  • Crime e castigo
  • Conversas sobre terapia
  • Contra um mundo melhor -2011
  • Comer,rezar,amar
  • Cartas a um jovem poeta
  • Caim
  • As pequenas memórias
  • As intermitências da morte
  • Amor é prosa, sexo é poesia
  • Alter Ego
  • Agape - 2011
  • Aforismos - 2011
  • A trama do equilibrio psiquico
  • A sabedoria dos mitos gregos - Aprender a Viver II - 2011
  • A sabedoria da vida
  • A idade dos milagres
  • A história de Edgard Sawtelle
  • A doçura do mundo - 2011
  • A cidade do sol
  • A Cabana
  • 2016-Verdades e Mentiras, Cortella, Dimenstein, Karnal e Pondé
  • 2016-Pressentimentos e suspeitas, Ivo Storniolo
  • 2016-O poder do discurso materno, Laura Gutman
  • 2016-O oitavo selo, Heloisa Seixas
  • 2016-O ano do pensamento mágico, Joan Didion
  • 2016-Mulheres de cinza, Mia Couto
  • 2016-Freud, obras completas, vol. 18
  • 2016-Felicidade ou Morte, Clovis de Barros Filho e Karnal
  • 2016-Enclausurado, Mc Ewan
  • 2016-Dias de abandono, Elena Ferrante
  • 2016-Depois a louca sou eu, Tati Bernardes
  • 2016-Como eu era antes de você, Jojo Moyes
  • 2016-Ah, que bom que eu sei, Brugitte Gross e Jakob Scheneider
  • 2016-A Peste, Albert Camus
  • 2016-A noite do meu bem, Ruy Castro
  • 2016-A felicidade é fácil , Edney Silvestre, Segunda Leitura
  • 2016-A árvore familiar, Denny Johnson
  • 2016-A alma imoral, Nilton Bonder
  • 2016- O livro dos insultos, H.L. Mencken
  • 2015-Tomar a vida nas próprias mãos , Gudrun Burkhard
  • 2015-Pimentas, Rubem Alves
  • 2015-Pequeno tratado das grandes virtudes - André Comte-Sponville
  • 2015-Pai rico pai pobre - Robert T. Kiyosaki
  • 2015-Os amigos, Hamlet L. Quintana
  • 2015-Onde foi que eu acertei? Francisco Daudt
  • 2015-O sol é para todos", Harper Lee
  • 2015-O que a vida me ensinou, Mario Cortella
  • 2015-O incolor Takurukami..., Haruki Murakami
  • 2015-O brilho do bronze, Boris Fausto
  • 2015-Numero Zero, Umberto Eco
  • 2015-Na berma de nenhuma estrada, Mia Couto
  • 2015-Interpretação e manejo na Clínica Wiicottiana, Ela O. Dias
  • 2015-Dom Quixote, Miguel de Cervantes
  • 2015-Diga aos lobos que estou em casa, Carol R. Brunt
  • 2015-Criaturas de um dia, Irvin Yalom
  • 2015-Como envelhecer, Anne Karpf
  • 2015-As pequenas virtudes, Natalia Ginzburg
  • 2015-A visita cruel do tempo, Jennifer Egan
  • 2015-A mágica da arrumação , Marie Kondo
  • 2015-A grande arrete de ser feliz, Rubem Alves
  • 2015-A filosofia de Rudolf Steiner e a crise dompensamento contemporâneo, Andrew Welburn
  • 2015- Pensar bem nos faz bem, M. S. Cortella
  • 2015- Nao nascemos prontos, M. S. Cortella
  • 2014-Uns cheios, outros em vão, Heloísa Seixas
  • 2014-Um rio chamado tempo, uma casa chamada terra, Mia Couto
  • 2014-Totem e Tabu, S. Freud
  • 2014-Textos de Winnicott
  • 2014-Textos de Pichon Riviere
  • 2014-Textos de Grupos, uma visáo psicanalítica
  • 2014-Textos de Bion
  • 2014-O segredo do meu marido, L . Moriestay
  • 2014-O retrato de Dorian Gray, Oscar Wilde
  • 2014-O nome próprio, Francisco Martins
  • 2014-O fotógrafo, Cristóvão Tezza
  • 2014-Fim, Fernanda Torres
  • 2014-Ensaio sobre a mentira, José Outeiral
  • 2014-Do universo à jabuticaba, Rubem Alves
  • 2014-Conhece-te a ti mesmo, José Outeiral
  • 2014-Adultescer, J. Outeiral
  • 2014-A revolta do corpo, Alice Miller
  • 2014-A festa da insignificância, Milan Kundera
  • 2014-A Ciranda das Mulheres Sábias, Clarissa P. Estés
  • 2014-1Q84, Vol. IIIHaruki Murakami
  • 2013 - Voce já pensou em escrever um livro?
  • 2013 - Subliminar
  • 2013 - Sr. Psicólogo, diga-me como ser feliz
  • 2013 - Por que você é minha - I
  • 2013 - Por que você é minha - II
  • 2013 - Por favor, cuide da mamãe
  • 2013 - Os quatro vínculos
  • 2013 - O Rabino e o Psicanalista
  • 2013 - O psicanalista vai ao cinema
  • 2013 - O oceano no fim do caminho
  • 2013 - O fio das missangas
  • 2013 - Nu, de botas.
  • 2013 - Inferno
  • 2013 - Filosofando no Cinema
  • 2013 - Elogio da mentira
  • 2013 - A vida que vale a pena ser vivida
  • 2013 - A graça da coisa
  • 2013 - A arte de amar
  • 2013 - 1Q84 Vol. II
  • 2013 - 1Q84
  • 2012 - Se eu fechar meus olhos agora
  • 2012 - Rimas de Vida e de Morte
  • 2012 - Profissão: Bebê
  • 2012 - Os sentidos da vida
  • 2012 - O retorno do jovem príncipe
  • 2012 - O clube do filme
  • 2012 - O amor companheiro
  • 2012 - Mulher Desiludida
  • 2012 - Fragmentos Clínicos de Psicanálise
  • 2012 - Feliz por nada
  • 2012 - É tudo tão simples
  • 2012 - Depressão:dos sintomas ao tratamento
  • 2012 - Como manter a mente sã
  • 2012 - Como deixar de ser gordo
  • 2012 - Como amar uma criança
  • 2012 - A queda
  • 2012 - A poesia do encontro
  • 2012 - A felicidade é fácil
  • 2012 - A elegância do ouriço
  • 2012 - A criação, segundo Freud